" Se formos apurar todas as denúncias, não se terá tempo para pregar o Evangelho" Léo Ranzolin
(pregar o Evangelho para ele, é desfilar nos púlpitos nesse mundo afora !)

Ennis Meier certa ocasião contou a um Diretor da Conferência Geral, que no website da Andrews University, "Adventist Connections" havia um LINK de uma agremiação Homosexual !!!
Esse diretor, (que prefiro não dizer o nome) ficou enfurecido e disse: -
- Eu mesmo vou falar com o Presidente, (Folkenberg) isso é um absurdo !!!

Algum tempo depois encontrei com esse diretor e cobrei o resultado da providência dele.
Humilhado me disse: - "Lá na Conferência Geral todo mundo está sabendo disso, e eu fiquei ..."  (não concluiu a frase)
Ennis não perdeu a oportunidade, para dizer que essa era a forma como os princípios da igreja eram defendidos. (obviamente a lição de moral era também para ele)

Esse diretor ficou pelo menos 1 minuto sem dizer uma palavra e de cabeça baixa, constrangido pensando o que poderia dizer.
Depois disse: - "Tudo que eu sou, eu devo a organização Adventista, meu pai era um pintor de paredes !!!"

TUDO QUE SENTIA ERA UMA PROFUNDA GRATIDÃO POR SE CONSIDERAR ALGUÉM  !!!

O professor Azenilto Brito, cobrou do Léo Ranzolin essa história de haver um LINK de agremiação homosexual na lista de websites Adventista na principal Universidade Adventista.

A resposta do Léo Razolin (vice-presidente da Conferência Geral e Diretor do Departamento que trata de assuntos relativos a sexo) ao Professor Azenilto foi a seguinte: - "Eu mesmo telefonei para o vice-diretor da Andrews e não é verdade do Ennis Meier que exista um tal LINK na lista de coisas Adventistas."  --- o Azenilto me enciou a cópia da resposta.

Léo Ranzolin, depois andou pregando por aí, que "na Conferência Geral se fossem atrás de cada denúncia, não teriam tempo para pregar o Evangelho".

A acusação contra a Andrews ficou escancarada pelo menos 3 anos no "adventistas.net" e o Léo Ranzolin não se deu o trabalho de ir no seu computador e acessar o LINK indicado na nossa página !!! --- até que um dia reformaram o website da Andrews e a página foi para algum lugar ignorado.